terça-feira, 1 de julho de 2014

Caos canônicos ou romanos

Você pegou uma garrafa de vinho tinto, aquele sobretudo comprado em uma liquidação na Via del Corso e uma maço de cigarro. Podia chover, podia fazer frio e vir caco de vidro. Estava preparada. Seus cabelos cacheados e um sotaque francês carregado. Ciao! Dito em olhares e sem nenhum som. Termina o vinho. Garrafa estardalhada no chão. Pisa com força como se fizesse um cerol para afiar seus longos saltos. Quatro lances de escadas. Uma selfie na ponte metálica. Garbatella! Você não tem medo da velocidade do metrô, não é mesmo? Aposta corrida com os vagões e sempre ganha. Duas linhas é pouco para você que vai longe. Sem medo e sem dramas.

Um beijo no namorado azul e amarelo da Praça São Pedro. É proibido. Mas, dos desvios ali é o mais puro. Não tem ambição de ser a nova Maria. Sabemos: está mais para Madah. Não há culpa, não trabalha com isso. O confessionário era para os lerdos e organizados. O pecado é absolvido no esquecimento e a sua memória é de pólvora. Segue sem rumo, sem preocupações. Compra mais uma garrafa de vinho no supermercado da estação Termini. Abastece o estoque de baseado com os colegas da marquise e ainda pechincha. Ganha uma bala de brinde para a sexta na Mucca. 

Tem dias que você se pega feliz e não se preocupa com o motivo. Uma foto com um turista olhar triste e olheiras perto da fonte da Piazza Navona. São quatro rios, mas vocês posam na frente do da Prata. Ele ri. Pede uma dele sozinho e vai embora para Trastevere. Você ficou e tomou conta dele até que ele subisse na esquina da embaixada tropical. Mais uns goles. Dois cigarros. O dia está nublado e você acha lindo.

Há momentos de muito mau humor. Dias trovoados. Num surto de raio derrubou uma saudita de burca e tudo na Fontana de Trevi. Não olhou para trás e muito menos jogou moeda. Tinha pressa e não desejos. Ela molhada saia da água cheia de moedas no véu e feliz por exibir suas curvas para tantas nacionalidades de homens. Machos! Ela se sentindo feminista e você apenas preocupada em chegar a tempo para comprar uma nova frigideira e um conjunto de pratos ou tomates secos no Campo del Fiori. Quando chegar em casa, talvez cozinhe com azeite trufado ou apenas ouça música deitada na cama. Talvez desça para um bar ou talvez chore sozinha enquanto leva a cachorra para passear.

Nenhum comentário: